Finanças: qual é o salário de um empreendedor no início da carreira?

Você pode ter várias razões para iniciar seu próprio negócio – fazer algo que ama, ser seu próprio patrão, criar um empreendimento que possa transmitir a seus filhos ou algo totalmente diferente. Mas no final do dia, é um negócio e você está tentando ganhar a vida. Isso significa que você tem que tirar dinheiro do seu negócio de alguma forma.

Muitos pequenos empresários têm dificuldade em decidir como fazer isso e quanto pagar a si mesmos. Pode ser um número difícil de definir – se você retirar muito do caixa, poderá comprometer a saúde financeira de sua empresa, se você retirar pouco, poderá comprometer suas próprias finanças.

Além de quanto você se paga, você terá que decidir uma maneira de se pagar. Esse elemento dependerá em grande parte de como você escolhe organizar sua empresa. Confira!

 Sua estrutura de negócios e sua remuneração

Antes de falarmos sobre como decidir quanto pagar, é preciso entender as diferentes maneiras pelas quais você pode se pagar. Não é tão simples quanto pegar o dinheiro deixado no caixa no final do dia. Como acabamos de mencionar, suas opções dependem da estrutura do seu negócio.

Proprietários Individuais

Uma empresa individual é a mais simples das entidades de negócios. Como único proprietário, toda a renda do negócio é considerada sua renda. Quando você está dirigindo uma empresa individual, você arca sozinho com os impostos. Essencialmente, você e a empresa são considerados a mesma entidade e quaisquer lucros que a empresa faça são automaticamente considerados como sua renda.

Você pode retirar dinheiro de sua empresa individual a qualquer momento, mas lembre-se de manter registros do que está fazendo, de modo que seu contador possa lidar com isso adequadamente em sua declaração anual de imposto.

Algumas retiradas podem ser tratadas de maneira diferente. Em todo caso, para ter o controle integral de todas as operações, considere usar um software de gestão empresarial, que vai lhe ajudar a tomar decisões mais assertivas.

Parcerias

Parcerias são como empresas individuais, mas com vários proprietários. Neste caso, você deverá dividir os lucros e despesas da parceria com todos os participantes.  Assim como as empresas em nome individual, os parceiros também podem pagar os lucros de seus negócios a qualquer momento.

Considerações sobre finanças empresariais

Se você é o dono de uma empresa, você geralmente só vai ter os lucros da empresa quando quiser e essa é sua renda. Quer você realmente tire esse dinheiro da empresa ou não, você será taxado no ano em que a empresa ganhou esse dinheiro. Se a sua empresa está registrada como uma entidade separada (qualquer coisa, exceto uma empresa individual), você pode optar por pagar a si mesmo um salário. Se a sua taxa de imposto pessoal for menor do que a da empresa, faz sentido pagar o lucro total da empresa para você como um salário. Se não, então você vai querer tirar uma quantia razoável e deixar o resto na empresa.

Observe que, para empresas com vários proprietários, você terá que incluir todos a bordo. Alguns grupos podem preferir estabelecer salários para quaisquer proprietários que trabalhem dentro da empresa, para garantir que essas pessoas sejam pagas pelo seu trabalho e não apenas obtenham os benefícios de sua proporção dos lucros. Alguns grupos também podem querer limitar a capacidade dos indivíduos de obter lucros a qualquer momento ou contrair empréstimos.

 Quanto salário você deve pagar a si mesmo?

Agora que você conhece as opções de pagamento, enfrenta a grande questão: quanto? Naturalmente, a resposta depende de vários fatores.

Em geral, um salário de mercado é uma boa ideia. Isso significa que você sabe quanto deve pagar e que sua empresa está funcionando de maneira comparável a outras. Se você não puder cobrir um salário de mercado, sua empresa pode não estar funcionando de maneira eficiente. Se você tem muito mais dinheiro do que precisa, pode estar perdendo oportunidades de crescimento.

Dia do pagamento

Seu pagamento é apenas um de um milhão de coisas que você terá que considerar quando começar e administrar seu próprio negócio. A quantia é algo que você pode mudar com o tempo, mas você precisa pensar sobre suas opções de pagamento antecipadamente ao decidir sobre uma estrutura corporativa.

E quanto à quantidade, trate-se como faria com qualquer outro funcionário. Se você fosse contratar alguém para fazer seu trabalho, o que você pagaria? Essa é a quantia que você deveria pagar.