Operações de logística e entrega eficientes são fundamentais para micro, pequenas e médias empresas

Quer sentimento mais frustrante do que estar em busca de um produto ou serviço e não encontrá-lo ou não poder usufruir? Ou pior, fazer um pedido de uma comida ou uma compra pela internet e demorar tanto que você acabou desistindo? Esse tipo de situações acontecem por falta de planejamento ou de operação das empresas, e impactam diretamente nos resultados futuros que elas irão ter e também sobre a imagem que os clientes passam a ter em relação a ela.

Você voltaria a pedir comida daquele restaurante que demorou a servir? Ou voltaria a comprar no site? Provavelmente além de não comprar mais, você também faria questão de contar sua experiência negativa para seus conhecidos. Resultado: menos clientes e menos receita para a empresa.

Para que isto não aconteça, é fundamental que as empresas se preocupem com o processo de logística, garantindo que a satisfação dos clientes na entrega. O setor coordena o fluxo de produção e deslocamento de materiais, combinados a um processo integrado e eficaz.

Tratando-se de micro, pequenas ou médias empresas o impacto é ainda maior, pois o quadro de funcionários é reduzido e o controle financeiro precisa ser minuscioso. Todo o processo pode sair bem de dentro da empresa, porém se o serviço de entrega não for eficaz, atrapalhará toda a reputação do trabalho.

A maioria das empresas pequenas possuem um serviço de logística interno e terceirizam a entrega dos produtos. Os colaboradores que controlam a logísitica interna são responsáveis por receber matéria prima, armazenar, distribuir para os setores de produção, receber o produto pronto e encaminhar para o cliente final.

Se o serviço de transporte não cumprir com o prazo estipulado ou entregar o produto avariado, de nada adiantou todo o processo realizado pela primeira equipe. Ou seja, é necessário ter controle, inclusive, sobre o serviço prestado por empresas contratadas, como é o caso de transportadoras.

Pesquise a empresa

Uma dica para evitar o erro é pesquisar e procurar referências antes de contratar uma empresa para ser parceira no serviço de entregas. Veja se os funcionários são capacitados, como é a ação do motorista nas ruas e como estão as condições dos caminhões que circulam pelas estradas. Automóveis em bom estado têm menos riscos de passar por imprevistos, o que ocasionaria um possível atraso na entrega.

Veja qual é o procedimento dos colaboradores na hora da entrega aos seus clientes. Eles são cordiais? Quem assina o protocolo na hora do recebimento? Somente o destinatário? Esses cuidados também evitam que o dono da mercadoria não deixe de receber.

Tenha controle sobre o estoque

Realizar o controle eficiente do estoque também é fundamental na cadeira logística. Itens guardados em excesso podem estragar ou se tornar desnecessários com o passar do tempo, comprometendo o espaço da empresa (que pode já ser escasso) e o capital de giro. Neste caso, o mais recomendado é investir em um bom sistema de gestão empresarial, que possibilite um controle efetivo das suas vendas, finanças e estoque.

No entanto, a falta de insumos ou produtos que têm grande rotatividade prejudica a produção e a entrega dos pedidos. Por isso, procure sempre manter controle entre os níveis de estoque baseado no volume de venda que possui.

Outra dica é trabalhar sempre com o acondicionamento correto do produto que você deve entregar. Embalagens de vidro devem obrigatoriamente estar acompanhadas de material resistente e plástico bolha, evitando a perda, por exemplo. Acomodar corretamente seus produtos garante que eles cheguem intactos na hora da entrega.